quinta-feira, 16 de maio de 2013

Cesinha

Podia ser Cesão, pelo tamanho. Mas e o carinho, onde é que fica?
Tem tanto carinho envolvido, que tem gente que lhe chama de Cé. Não basta só o Cesinha.
Ou Mô, que, pro mais desatento, pode parecer diminutivo de Amor, mas pra quem lhe conhece, sabe que Mô = Amor + Carinho + Ternura + o Ser Muito Humano que você é.
Não dá pra falar de você, Peregrino, sem pensar no quanto já vivemos juntos. Filho de José, você é o verdadeiro marceneiro. E serralheiro! Como não pensar nas tantas vezes que brincamos juntos, em tantos quintais pelo mundão afora, de Belo Horizonte, Teófilo Otoni, Brasília, Alcobaça... A vida nos parecia O quintal. E travamos juntos muitas batalhas de menino. Capa e espada, carrinho de rolimã, Clubinho, bicicleta, futebol, polícia e ladrão, desenho, cavalo. Voltávamos juntos do Barão do Rio Branco, a Escola Estadual que estudamos por um bom tempo. Aprendemos juntos a ficar amigo do mais forte pra não apanhar na escola. Éramos esmirrados. Pequeninos. Crescemos depois dos 16 anos. Acho que foi a vontade de estender a infância. O que mais me impressiona é que nossas brincadeiras sempre tinham algo a construir. Juntos, construímos sonhos.
Hoje, você caminhou bastante. E não foi só o Caminho de Santiago que fez, junto com o Beato Canário e Léo, seu irmão 12 anos mais velho que você. Foi o percurso da vida, meu irmão. Dois filhos lindos - quer dizer, um muito mais lindo, o meu afilhado! O outro, uma peça rara! A simpatia em pessoa! E uma mulher brava pra daná, que sonhadores do nosso tipo, tem que mexer é com mulher brava mesmo, se não, tá lascado!... Enfim, hoje sou mais feliz por ter você Cesinha, ao meu lado, caminhando junto comigo nessa peregrinação que faço. E você sabe que ela só estará completa quando chegar a Santiago, voltar ao Brasil, chegar a Teófilo Otoni e caminhar até a Fazenda América, não sabe?
Afinal, as bênçãos de Liginha e Cenira são o que selam, pra nós, as grandes Odisséias.
Parabéns pelos seus quarenta anos, meu irmão. Daqui a 6 anos, quando fizer 40 também, quero estar tão forte, feliz e bem como você (com menos barriga, um pouco)
Fica com Deus e em paz.
Que Deus ilumine seus caminhos, que sempre serão nossos.

Um comentário:

Ana disse...

Texto lindo, foto linda!