segunda-feira, 4 de junho de 2012

JUNO




Juno que une,
pão que anuncia.
É dia:
escuta, que o tempo vem.
Vislumbra a gota na terra,
o orvalho na planta,
o sol na semente,
outônus da vida.
Renasce, medida,
devagarzinho.
A estação da vida:
plataforma de chegada e partida
dos sonhos secretos de nós.


Nenhum comentário: