domingo, 19 de dezembro de 2010

a manhã

ela mexe

comigo

e na pele
revela

sentidos


ela oculta
no ventre

semente

somente

pra mim


ela sabe
de mim

dos meus
sonhos

e mergulha
no encanto

da espera


ela surge
ela urge
ela turge

ela manha


ela amanhã

Um comentário:

Bê Sant Anna disse...

Para minha filha que vai nascer, Beatriz.