quinta-feira, 12 de novembro de 2009

somente


para lembrar que o amor existe
para lembrar que não sou triste
para lembrar que o bem persiste
para lembrar que o bom assiste
para lembrar, sofrer é chiste

se rirmos de nós
se rirmos dos nós
a dor nos faz cócegas
a pedra escada
se rirmos dos nós
se rirmos de nós
é impropério viver
no mistério das tramas
oblíquas
criadas por nós
nós?

2 comentários:

Morena disse...

E Bernardo,isto tudo que vê e senti ainda é o caminho......................

Bê Sant Anna disse...

Boa, Morena. Esse caminho só tem começo. Volte sempre.