terça-feira, 1 de setembro de 2009

be good, get good


Na ausência de significado, a resposta.

A potência da resposta representa a totalidade de significados possíveis.
Se a vida que não for analisada não vale à pena ser vivida, como diz Sócrates, têm-se na análise, e não na resposta, o motivo.

Motivo vem de mover. Mo-ver, meu ver, meu olhar.

Poder observar meu caminho é tender à possibilidade transformadora do movimento.

Me lembro do episódio JOGOS da quarta temporada de HOUSE, quando ele diz:

- Há três escolhas nesta vida: ser bom, tornar-se bom, ou desistir. A resposta simples é: se você não tentar, não vai falhar. É simples. Se não está feliz do avião, pule!
(...) a vida é perigosa, complicada...
(...) prefere imaginar que pode escapar em vez de tentar, porque, se falhar, não terá nada. Então desiste de algo real e se agarra à esperança...
É que a esperança é para os covardes... acontece.

imagem em:
http://www.ojm.pt/fotos/menus/areia_1216720854.jpg

4 comentários:

Anônimo disse...

"É melhor tentar e falhar, que preocupar-se e ver a vida passar.
É melhor tentar, ainda que em vão que sentar-se, fazendo nada até o final.
Eu prefiro na chuva caminhar, que em dias frios em casa me esconder.
Prefiro ser feliz embora louco, que em conformidade viver"

Martin Luther King

Andreza Schmitt disse...

Diria eu que é inspirador. Como sempre um lindo jogo de palavras. Que as vezes requer uma análise.

Adoro tua escrita. E adoraria conversar com você.

Parabéns mais uma vez.
Beeijos

Bê Sant Anna disse...

Sou todo ouvidos. http://www.besantanna.com/contato/
:)
Obrigado por comentar!

Jéssica Nega disse...

Adorei, pra variar!
Leio os seus textos, depois fico pensando neles o dia inteiro!
Um abraço.