sexta-feira, 27 de setembro de 2013

As ondas fazem carinho na areia do tempo



Há quem espere sentado, há quem espere em pé.
Há quem desista de esperar.
Há quem medite a espera e quem espere meditando.

– És père.

Enunciado de há mar.





Nenhum comentário: