terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Haikai da contemporaneidade 2




O mundo é undo.



Nenhum comentário: