sexta-feira, 13 de maio de 2011

Sobre os antídotos esperados





A indiferença grita: mas tem antídoto.
O que não tem antídoto é a verdade. Mesmo intangível, ela curiosamente aparece.
Mesmo que seja tarde demais.

Nenhum comentário: