quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Soares de Moura




Minha mãe escolheu que eu usasse o MOURA. Se ela tivesse escolhido seu outro sobrenome, eu seria homônimo do heterônimo de Fernando Pessoa. Essa é uma das coincidências que adoro em minha vida.

"Sê todo em cada coisa". E, quem sabe, mesmo as coincidências lhe indicarão o caminho...

Em tempo: a exposição de Pessoa no Museu da Língua Portuguesa está muito bem feita.

Nenhum comentário: