sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Talvez haja


Talvez não haja o que ler. Talvez haja.

Sonhei esta noite, durante muito tempo. Depois de 6 semanas sem final de semana, consegui dormir 3 horas na parte da tarde, o que me fez ir dormir mais descansado ontem. Engraçado, parece que quando estamos muito cansados, dependendo do tipo de cansaço, temos um sono intranquilo, o que nos faz ficar mais cansados ainda. Bom, pelo menos é a minha impressão.

Sonhei. Muito. 

Em minha viagem, no sonho, eu havia perdido o meu passaporte. Eu tinha dois documentos que provavam, comprovavam quem eu era, mas a minha sensação de ter perdido a minha identidade me tomava de assalto. 

Curiosamente, eu sabia onde estava o meu passaporte. Meu passaporte, minha identidade, estavam no fundo da mochila que me acompanhou no Caminho de Santiago.

Talvez haja uma interpretação óbvia para este sonho.

Nenhum comentário: