domingo, 28 de fevereiro de 2010

Pro verbo

"Procure me amar quando eu menos merecer,
pois é quando eu mais preciso."


Este provérbio ficava em um ímã pregado na porta da minha geladeira.
Todo mundo que ia em minha casa podia ler.
Hoje ele não fica mais.
Quem vai hoje em minha casa não tem como conhecê-lo.
É uma pena.

Um comentário:

Adriane Bravim disse...

Bêeee, porquê este forte provérbio sueco não está mais lá ?
que triste: J'ais suis désolé.
tia Dri