quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Enquanto digo sim


Sim, chegou dezembro.

E com ele a sensação de já acabou, de agora temos que esperar pro ano novo começar.

Mas e o presente? E se hoje for o último dia da minha vida? Quando falei com minha prima sobre acordar todo dia e dizer: "Eu vivo hoje o meu presente", tentei falar um pouco da necessidade que tenho agora de agora. De ver o novo hoje como presente, mas presente mesmo, gift, dádiva, bênção, espécie de regalo de Deus. Pra quê ficar esperando um mês pra ser feliz, pra dizer "eu te amo", pra dizer "putz!, foi mal, mas não vai rolar", "obrigado", "desculpa", "me dá um aumento", "estou farto disto", "estou de saco cheio daquilo", "sinto muito"...

Espere a morte do dia, espere a morte da semana, espere a morte do mês. Quem sabe assim, você não aprende a esperar outra morte?

Ou apenas aprenda a dizer "não" pra espera, "sim" para o movimento, "vamos!" para a vida.

- Vamos!?!

*na foto, uma flor que conheci ao dizer "sim" para um domingo.

5 comentários:

Anônimo disse...

Vai sem direção
Vai ser livre
A tristeza não
Não resiste
Jogue seus cabelos no vento
Não olhe pra trás
Ouça o barulhinho que o tempo
No seu peito faz
Faça sua dor dançar
Atenção para escutar
Esse movimento que traz paz
Cada folha que cair
Cada nuvem que passar
Deixa a terra respirar
Pelas portas e janelas das casas
Atenção para escutar
O que você quer saber de verdade

Bê Sant Anna disse...

Arnaldo Antunes foi muito feliz nesta música.
E você, muito feliz em postar sua letra aí.
Sou grato.
:)
Para escutar a música: http://vagalume.uol.com.br/arnaldo-antunes/o-que-voce-quer-saber-de-verdade.html

... disse...

Não se apegue a querer ler o outro blog, nem vale tanto a pena assim.
Venho sempre aqui e adoro sua escrita.
Acompanhei tb a viagem e só aguçou minha vontade.
Quem sabe um dia...
;)
Apareça sempre.
Feliz fim de semana.
Fab's

Anônimo disse...

se vamos ?
Claro !!

Mt legal o artigo, Bê, eu adorei.
Beijo
Adriane
"du français"

... de tanto procurar em vão, vejo que a magia nāo estā no resultado e sim no processo.
Entāo, finalmente começo a caminhar com passos de pincel.

Janaína disse...

Bê, assim como vc, tb acabo de chegar de viagem.. Estava em Melbourne, na Austrália, estudando inglês. Foi lindo, foi intenso e foi por acaso. Volto e te percebo tão radiante e forte quanto me senti e me sinto agora. Uma sensação de sempre querer mais e querer agora e fazer tudo que estiver ao alcance pra quando fechar os olhos ter a certeza de que foi bonito e se sentir em paz. Nessa leitura rápida e sempre com uma boa música. Sucesso pra você.

Da velha aluna,
Magenta (Janaína)

Ah, tb tenho escrito sobre estas novas conquistas e caminhos. Se der, passa lá depois. ninasalgado.blogspot.com
Um bê-ijo.